INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS

     OK
alterar meus dados         
ASSOCIE-SE


Cursos e Eventos

Grupo de Estudos Avançados - Criminologias Críticas - 2019 - Belém/PA

O Grupo de Estudos Avançados - Criminologias Críticas refere-se a um conjunto de reuniões para estudos e debates de textos previamente selecionados pela Coordenação. Com duração de um ano, o GEA-CCs destina-se a graduandas (os) ou graduadas (os) oriundas (os) das faculdades de Direito ou demais áreas das ciências humanas e sociais.

Por meio da leitura de textos, apresentação de seminários e debate livre entre as/os integrantes, o GEA-CCs tem como foco o aprofundamento crítico da (o) aluna (o) nos pensamentos criminológicos críticos que envolvem desde perspectivas do labeling approach, marxistas, abolicionistas, feministas, antiracistas, e até da teoria queer e da criminologia cultural. Não conta, no entanto, com aulas expositivas por parte de professores, mas com a integração das (os) alunas (os) por meio da exposição oral dos temas, que poderão utilizar, como apoio, material em multimídia.

Cada encontro disporá de um bloco de leitura obrigatório, no qual a (o) expositora (o) deverá se basear, e de um bloco de leitura complementar, ambos constantes da bibliografia do GEA-CCs relacionada ao tema e poderá auxiliá-la (o) na compreensão da totalidade do assunto. Cada encontro será conduzido pela Coordenação, inclusive no controle do tempo disponível para cada expositora (o). A bibliografia não é exaustiva, sendo possível às (aos) alunas (os) a utilização complementar de fontes não mencionadas no Cronograma apresentado.

O GEA-CCs visa a uma formação construtiva da (o) aluna (o) através do estímulo ao saber crítico, acadêmico e compromissado com o amadurecimento intelectual das/dos integrantes. Os debates serão levados a cabo com respeito às/aos participantes e à coordenação, tendo em mente um tratamento com urbanidade, gentileza, cordialidade, prezando pela relação de confiança e parceria entre coordenação e integrantes do Grupo.

O objetivo central do GEA-CCs é conduzir a (o) aluna (o) à sua autonomia. Autonomia do saber em seu percurso pela anatomia do conhecimento. Não se chega a este ponto sem bem compreender as estruturas jurídicas e sociais e menos ainda sem conseguir realizar uma crítica sobre elas.

Na esteira de Foucault (1981), em Então é importante pensar?, entrevista concedida ao Libération em Maio de 1981, tem-se que a crítica pensada e buscada no GEA é aquela que desentoca o pensamento e auxilia na mudança. É aquela que aponta que as coisas não são tão evidentes quanto se acredita. “Fazer a crítica é tornar difíceis os gestos fáceis demais. Nestas condições, a crítica (e a crítica radical) é absolutamente indispensável para toda transformação”. E prossegue, “não há um tempo para a crítica e um tempo para a transformação. Não há os que fazem a crítica e os que transformam, os que estão encerrados em uma radicalidade inacessível e aqueles que são obrigados a fazer concessões necessárias ao real. Na realidade, eu acredito que o trabalho de transformação profunda pode apenas ser feita ao ar livre e sempre excitado por uma crítica permanente”. (FOUCAULT, 1981)

Pensar para que e para quem serve o conhecimento pode, erroneamente, parecer uma ode ao anti-intelectualismo ou à anticiência. Mas quando se tem à frente textos históricos, com implicações político-jurídicas gritantes, não se pode perder a linha do poder, que nos guia às formas jurídicas, às instituições e se autolegitima pelos dispositivos que têm à sua disposição. Em qualquer área do Direito poderemos identificar este mecanismo funcionando a contento.

Assim, reconhecendo que todas (os) participantes do Grupo são agentes sociais importantes nas lutas encampadas pelo Ibccrim, como a luta contra o encarceramento em massa, luta pela democratização do sistema de justiça, luta pelo fim da letalidade policial, dentre outras, é que se entende e se advoga pela ideia da crítica como mola propulsora do Grupo de Estudos Avançados.

Período de inscrição: 22/02/2019 a 12/03/2019

Valor da Inscrição: R$ 20,00

Primeira Fase do Processo Seletivo (Prova Escrita on line): De 14/03/2019 a 16/03/2019

GRUPO DE ESTUDOS AVANÇADOS - CRIMINOLOGIAS CRÍTICAS CONVOCADOS/AS PARA A ENTREVISTA

Ana Laura Macedo Sá
Ananda Maria Gomes Jardina Barbalho
Anselmo Bruce Cantuaria Gonzaga
Beatriz Carneiro Andre
Beatriz Donza Cancela Guimarães
Beatriz Neder Mattar
Caio Cesar Dias Santos
Carlos Eduardo Silva Assis
Carlos Renan Sousa Silva
Carolini Dellavalle Vilão
Emy Hannah Ribeiro Mafra
Flávia Brandão de Oliveira
Isabelle Araújo Queiroz
João Paulo Andrade Wanderley
Joice Furtado Lima
Josiel Pinto da Silva
Juliana Oliveira Eiró do Nascimento
Lais Vidigal Maia
Larissa Neves Duarte
Lidyane Matos do Amaral Fernandes
Lorena Ribeiro Amorim
Lucas Ribeiro Cunha
Maria Luisa Oliveira Santos
Maria Luiza Alves de Oliveira
Matheus Bentes de Sales
Mirian Aparecida Cordovil do Rosário
Monalisa Muriel Rabelo Freire
Monique Gabrielle Serejo da Silva
Renata Valeria Pinto Cardoso Lisboa
Richard Carvalho da Silva
Rossana Parente Souza
Tiago Ferreira
Verena Alves Barata
Yasmim Nagat Yosano

Segunda Fase do Processo Seletivo (Entrevista): 21/03/2019, entre 9:00 e 18:00. Cada candidato receberá por email seu período específico.

Divulgação do resultado final: 23/03/2019

Início das aulas: 28/03/2019

Investimento: Grupo de Estudos Avançados ? Criminologias Críticas é gratuito para os associados da categoria estudante. Se o aluno não faz parte do quadro de associados, deverá associar-se até o dia 31/03/2019.

Confira o Edital, Cronograma e o Regulamento

Informações: (11) 3111-1040 ramal 154 - grupodeestudos@ibccrim.org.br

Local: Núcleo de Práticas Jurídicas da UFPA (Bloco L do Campus Profissional), Rua Augusto Corrêa, 1, Guamá


           


IBCCRIM - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - Rua Onze de Agosto, 52 - 2º Andar - Centro - São Paulo - SP - 01018-010 - (11) 3111-1040