INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS

     OK
alterar meus dados         
ASSOCIE-SE


Mesas de Estudos e Debates

Mesas de Estudos e Debates
196 visualizações | Publicado: há mais de um ano atrás
16/05/2016
1 hora e 35 minutos

O Seminário 10 Anos dos Crimes de Maio convida a todos (as) para debater a seguinte questão: uma década após este evento, o que temos a dizer? Em 2006, cerca de 564 pessoas foram assassinadas entre 12 e 20 daquele mês, a maioria executada por policiais militares. As mães e familiares das vítimas até hoje denunciam a falta de investigação, apuração, processamento e responsabilização dos policiais envolvidos e do próprio Estado. Mesmo alguns inquéritos policiais instaurados na época foram arquivados. Os eventos de maio marcaram mais um dos episódios de violência do Estado, mas a letalidades policial em São Paulo continua uma das mais altas do mundo. Só neste ano, em janeiro e fevereiro a polícia matou 137 pessoas, uma margem de duas pessoas executadas por policiais por dia. Há casos, ainda, envolvendo grupos de extermínio, compostos por policiais militares e não são poucos os casos conhecidos, como Osasco e Carapicuíba. O modus operandi revela os procedimentos de execução sumária. E com relação ao PCC? O que podemos dizer desta organização hoje?


TV IBCCRIM últimos vídeos


TV IBCCRIM




IBCCRIM - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - Rua Onze de Agosto, 52 - 2º Andar - Centro - São Paulo - SP - 01018-010 - (11) 3111-1040